16 novembro 2010

Meu desligamento da ICEB

Aceitei a mensagem do evangelho numa noite de domingo. No dia seguinte comecei a ler o Novo Testamento. As seguintes palavras de Jesus selaram minha fé: “Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim não é digno de mim; quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim não é digno de mim” (Mt 10.37). Assim começou minha vida cristã.
 
Hoje, trinta e dois anos depois daquele começo para uma nova vida em Cristo, peço meu desligamento da única denominação da qual fui membro desde o início. Eis o teor de meu pedido de desligamento enviado ao diretor nacional do Departamento Ministerial da ICEB:

Prezado Pr. Jessé Bispo,

Conforme já lhe informei em nosso contato anterior, sobre minha disposição de deixar o quadro ministerial da ICEB, agora o faço de forma clara e objetiva.

Conheci o evangelho na ICEB há 32 anos. Tenho uma imagem saudável de nossa denominação, de nossos líderes, e de nossas organizações. Não teria aqui nenhuma razão doutrinária, moral ou reprovação de qualquer natureza para justificar meu pedido de desligamento do quadro ministerial.

Então, por que tal atitude? Minha resposta é que tal decisão é uma questão de fórum íntimo. Algumas concepções minhas de praticidade ministerial diferem de nosso modo denominacional de proceder. São coisas simples e tão práticas, que não merecem ser aqui sistematizadas. Não quero continuar na ICEB com práticas diferentes que me levem a merecer ser chamado para me explicar. Daí minha conclusão de que sair seja a melhor atitude.

Sou grato por todos esses anos na Igreja Cristã Evangélica do Brasil - ICEB. Mas, sinto-me direcionado para um estilo diferente de pastorear. E assim estou fazendo.

Portanto, deixo claro aqui minha decisão de sair da ICEB.
_______________________________________________

Eis a RESPOSTA:

Querido pastor Antônio Francisco,

Acolho seu pedido e vou encaminhar para sua aprovação na próxima reunião da MEAN.

Abraços

Jessé.
5 Antonio Francisco: Meu desligamento da ICEB Aceitei a mensagem do evangelho numa noite de domingo. No dia seguinte comecei a ler o Novo Testamento. As seguintes palavras de Jesus selar...

5 comentários:

Luciano Zamboni disse...

Irmão Francisco a Paz!
Venho só me manifestar sobre sua decisão.
Que Deus te abençoe e coloque tudo no devido lugar.

Um grande abraço

Antonio Francisco disse...

Luciano,

Obrigado por sua manifestação.

Um grande abraço

Carlos Bastos disse...

Querido Pastor, irmão e colega de serviço: Antônio Francisco, há muito tempo que não nos vemos. Não me lembro qual a última vez. Tenho acompanhado seu blog, gosto muito dos seus textos e reflexões, bem como das frases! Acho que voce é uma pessoa especial e inteligente. Consegue ver tantas verdades em fatos do dia a dia e transfere-os com as letras para a tela do blog com boa compreensão do ser humano!
Não sei o que o levou a tomar esta decisão. Mas como você disse " é de foro íntimo" não precisa dizer. Acho que compreendo um pouco dos seus sentimentos. Desejo que seus planos sejam dirigidos pelo Senhor da seara.
Um grande abraço do lado do coração, lembranças à Rosângela.
Carlos Bastos

Antonio Francisco disse...

Meu querido Carlos Bastos,

Obrigado por seu emocionante comentário. Tenho boas lembranças de nosso inesquecível tempo no "SEMINÁRIO BÍBLICO GOIANO".

Conforme o e-mail que enviei para o Jessé e que você leu aqui no blog, o motivo de meu desligamento da ICEB refere-se à maneira de pastorear, ou seja, entendo que a prática do Evangelho requer maior simplicidade no modo como somos (ICEB). Para ser e praticar o que entendo do evangelho, eu precisava SAIR, antes que fosse excluído. Eu me sentia na gaiola, e quero voar. É preciso coragem para fazer o que fiz. Não saí porque recebi proposta melhor do que tinha. Eu estou começando uma igreja nova, sem salário e sem nenhuma estrutura humana que me apóie. Mas estou em paz, e estar em paz é tudo. Há muito resolvi que minha consciência é inegociável.

Se quiser acompanhar o que é nossa nova família de fé, não deixe de acessar: www.comunidadedocaminho.com.br

Um grande abraço para você e Débora.

Antonio Francisco.

Anonymous disse...

Fico agradecido do Sr. ter tomado essa decisão.
Tenho crescido muito contigo e com minha familia.
Que a Graça permaneça neste lugar. Amém
De:
Josymar

< >